curso-eng-prod

Coordenação: Profº. André Aleixo Manzela M.Sc.usuari11

Currículo Lattes

Duração: 5 anos

FORMAÇÃO E PRÁTICA PROFISSIONAL
O curso foi estruturado com visão de mercado, sendo a empregabilidade o principal norteador na elaboração do Projeto Pedagógico. As empresas líderes no mercado de Exploração e Produção de petróleo e gás natural (E&P) foram consultadas para a construção da grade curricular.
Segundo os acadêmicos de Engenharia de Produção da Faculdade Salesiana Maria Auxiliadora “estamos fazendo uma Graduação e ao mesmo tempo uma Especialização”, o que traduz a concepção do curso com um conjunto de disciplinas relacionadas à cadeia de valor de E&P. O ambiente de sala de aula é a continuidade do dia a dia dos professores das disciplinas que caracterizam a ênfase do curso, profissionais com destacado reconhecimento.
A duração do curso é de cinco anos ou dez períodos. As aulas acontecem das 18h20 às 22h30.

MERCADO DE TRABALHO
A ênfase em Engenharia de Instalações no Mar é uma vantagem competitiva, ou seja, um diferencial para o exercício das atividades profissionais como Engenheiro (a) na Indústria de Petróleo e Gás Natural. O curso de Engenharia de Produção da Salesiana é o único no Brasil com esta linha de formação.
O CREA atribui o título de Engenheiro de Produção, o que habilita o profissional para o exercício das atividades em empresas de siderurgia, bancos, transporte aéreo, transporte marítimo, consultoria, usina de cana de açúcar, construção naval, portos de mares, rios e canais, Agência Nacional do Petróleo (ANP), construção civil, montadoras, construção e montagem, dentre outras.

Download

Matriz Curricular 2009

Download

Matriz Curricular 2013

Reconhecimento MEC

Curso

  • Autorizado pela Portaria n° 3.460 de 19/11/2003, publicada no DOU de 20/11/2003.
  • Portaria normativa n° 40, publicada no DOU de 13/12/2007.
  • Atendendo ao exposto no processo 23000.012036/2010-11, a Salesiana comunica que o Curso de Engenharia de Produção oferecerá um total de 40 vagas anuais no ano de 2012.
  • Reconhecido pela Portaria 409 de 11/10/2011 publicada no DOU de 14/10/2011.

Instituição

  • Credenciada pela Portaria MEC n° 700/2001, publicada no DOU de 09/04/2001.
  • Recredenciada pela Portaria MEC n° 1.453,/2011, publicada no DOU de 10/10/2011.