Inaugurada em 6 de agosto de 2001, a Faculdade Salesiana Maria Auxiliadora nasceu sob a ótica da razão, religião e amabilidade (amorevolezza), com a missão de oferecer aos alunos oriundos do ensino médio a oportunidade de continuarem seus estudos na educação superior.

Junto do Colégio Castelo – fundado em 27 de julho de 1963 – a Faculdade compõe o Instituto Nossa Senhora da Glória – INSG, uma instituição completa que oferece educação do maternal a pós-graduação. Uma história de crescimento que se perpetua a cada ano, com novas ferramentas pedagógicas e cursos que qualificam os estudantes para o ingresso em diversas empresas pelo mundo.


Cronologia

2001 – Abertura dos cursos de Publicidade e Propaganda e Sistemas de Informação.
2003
 – Abertura do primeiro curso de pós-graduação – Gestão Estratégica de Recursos Humanos.
2004
 – Abertura dos cursos de Administração, Jornalismo e Engenharia de Produção com ênfase em Engenharia de Instalações no Mar.
2009
 – Abertura dos cursos de Engenharia da Computação e Psicologia.
2010
 – Abertura dos cursos de Engenharia Ambiental e Engenharia Química.

Educação Salesiana

Uma história que começou em 1961, com a chegada das primeiras Irmãs Salesianas no dia 11 de agosto e contribuiu para transformar a pacata Macaé na capital nacional do petróleo. Muito antes da chegada da Petrobras em 1977, as Filhas de Maria Auxiliadora já preparavam a juventude macaense para as transformações dos novos tempos. Passados mais de meio século, o desafio de promover uma educação de valores continua. Contudo, agora conta com o auxílio da tecnologia e da inovação – marca dessas mulheres à frente de seu tempo.

Para a primeira diretora da Faculdade Salesiana de Macaé, Ir. Maria Léa Ramos, a educação salesiana acompanhou essa transformação e também se modernizou para responder às demandas do mercado de trabalho. “A Faculdade nasceu como resposta aos anseios dos jovens em continuar os estudos na educação superior.”

As instituições de ensino Salesianas estão presentes em todas as regiões do país e em diversas partes do mundo, sendo reconhecidas internacionalmente pela qualidade do ensino e educação moral. Compõem uma sociedade civil e religiosa, sem fins lucrativos, de assistência social e de caráter educativo e cultural, cujos objetivos principais são a educação e o amparo à juventude.