Fé e emoção marcam a Via Sacra Mariana e das Mãos

Fé e emoção marcam a Via Sacra Mariana e das Mãos

Uma multidão de cristãos tomou as ruas do Bairro Visconde de Araújo nesta segunda-feira, dia 10, numa grande Procissão de Fé, onde a vida e morte de Jesus levaram todos a refletir sobre as ações que nossas mãos podem fazer pela vida, a partir da Via Crucis.Via Sacra 2017 10-04-2017 Foto Paolla Itagiba (4)

A Via Sacra, que contou com a participação da comunidade, transformou-se em um ato de celebração ecumênica, promovido pelo Instituto Nossa Senhora da Glória – INSG/Castelo, Faculdade Salesiana Maria Auxiliadora –FSMA e pela Paróquia Santo Antônio, com a presença de fiéis da Igreja Adventista.

Através dos textos do Ano Mariano e da Via Crucis das Mãos, a cada estação da Via Sacra, os fiéis foram convidados a pensar nas ações diárias a partir da simbologia das mãos como: mãos de condenam, que assumem, que se firmam, resistem, dão vida, que acolhem, que ajudam, confortam, suplicam, que se cobrem, prendem, que se entregam, que não têm medo, que comunicam e que proclamam a vida.

A emoção esteve sempre presente, especialmente nas estações onde foram relatadas a condenação, os castigos, a paixão de Jesus por todos os homens e mulheres desse mundo e a morte e ressurreição do Filho de Deus.Via Sacra 2017 10-04-2017 Foto Paolla Itagiba (6)

O Padre Gleison, da Paróquia Santo Antônio solicitou que as pessoas fizessem uma reflexão sobre suas próprias mãos. “Se fizermos uma reflexão sobre nossas mãos, que tipo de mãos encontraríamos? Mãos que se deixam e assim não  ajudam, fazendo com que a generosidade não chegue na vida de tantas pessoas? Ou mãos que colhem, que plantam, que trabalham, que acariciam e abençoam? Devemos aproveitar as mãos que temos para primeiramente agradecer a Deus por estarmos aqui e nos unir em uma grande salva de palmas em gratidão e no desejo de paz uns para com outros”, proclamou o sacerdote.

A diretora geral do INSG/Castelo e da FSMA, Ir. Carmelita Agrizzi, agradeceu a participação de cada cristão e também o testemunho de fé e de oração. “Nós cremos em Jesus e por isso estivemos aqui. Jesus é força, é presença na nossa vida e está no meio de nós. Ele disse: ‘Vim para que todos tenham vida, e a tenham em abundância’, e nós estamos aqui nos dedicando para que outros vivam e vivam em plenitude”, disse ao agradecer carinhosamente a todos e pontuar que a partir dessa Via Sacra, a cidade de Macaé já se torna um lugar mais sagrado.Via Sacra 2017 10-04-2017 Foto Paolla Itagiba (5)

A Via Sacra que saiu da Paróquia Santo Antônio em direção ao Colégio Castelo, percorreu 13 estações e contou com o apoio da Prefeitura de Macaé, por meio da Guarda Municipal.

Texto: Moira Paula
Fotos: Paolla Itagiba

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>